Land & Gender related Unknown content type | Land Portal
Mostrando 37 - 48 de 136
RESR

A Revista de Economia e Sociologia Rural (RESR) é uma publicação mantida pela Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural (Sober) há mais de trinta anos. Os colaboradores e leitores da RESR são professores, pesquisadores de empresas públicas, alunos de pós-graduação e profissionais de mercado.

Asian Women

Asian Women is the official journal of the Research Institute of Asian
Women. The journal is published in March, June, September, and
December each year.
Asian Womenis supported by Sookmyung Women's University and the National Research Foundation of Korea Grant funded by the Korean Government (MOE).

cclaf
O Centro de Cultura Luiz Freire (CCLF) é uma organização não governamental de direitos humanos, que surge em 1972, a partir de um grupo que buscava a restauração da democracia, através de atividades culturais e projetos de desenvolvimento comunitário, durante o período autoritário da Ditadura Militar brasileira.
Imazon

Imazon (Imazon)

No final dos anos 1980, as imagens de destruição da Amazônia começavam a ganhar destaque na imprensa nacional e mundial. O desmatamento acelerado, as queimadas, a exploração predatória de madeira e a proliferação dos garimpos de ouro exerciam grande pressão ambiental e social sobre a região. Nessa época, o ecólogo norte-americano Christopher Uhl, então pesquisador visitante da Embrapa, realizava pesquisas sobre as áreas degradadas no leste do Pará e preocupava-se com o pouco entendimento e a escassa documentação dessas transformações na paisagem Amazônica.

Who we are

AMIHAN is an organization of peasant women and a federation of peasant women organizations that carries forward the call for genuine agrarian reform, national industrialization, and an end to all forms of exploitation and discrimination especially against women in the countryside.

Women as a group in Nigeria, suffer a series of deprivation,discrimination and degrading practices in their private and public life. They are victims and survivors of different forms and expressions of injustices and are grossly underrepresented in decision making structures. Their capacity to access and own primary resources is limited by unequal opportunities in education, employment and violence leading to poor self-esteem.

FeJAL seeks to provide professional training, skills development and capacity building for female journalists as well as other media practitioners and also other media related groups. It is engaged in the protection of the rights of female journalists.

Mission

To promote social justice, equal opportunities and create a safe working environment for women in the media.

The Network for Women’s Rights in Ghana (NETRIGHT) is a network of civil society organisations and individuals who have a clear interest in working together to bring a gender perspective into national processes and advocate for policy change to strengthen women’s human rights.

To ensure inclusiveness, NETRIGHT provides a national advocacy platform for civil society organisations around national and international processes and educates the public about gender equality and women’s rights issues.

The Sierra Leone Network on the Right to Food (SiLNoRF) was established in 2008 as an African civil society mechanism to work exclusively on right to food issues. It was created just after the establishment of the African Network on the Right to Food (ANoRF) in Cotonou in 2008. Following the Cotonou declaration of ANoRF, several Civil Society Organisations, NGOs, CBOs working in the areas of Human Rights Advocacy became members of SiLNoRF.

UFS

Editora UFS (Editora UFS)

A Editora UFS, composta pelo Conselho Editorial e pela Coordenação Gráfica, tem como missão atuar na divulgação da produção cultural e científica tanto da comunidade universitária quanto da sociedade como um todo. Através do lançamento periódico de editais e da publicação de obras avulsas, esta Editora tem realizado um trabalho de divulgação de obras científicas e culturais produzidas por autores sergipanos e do restante do Brasil.


 


ISA
O Instituto Socioambiental (ISA) é uma organização da sociedade civil brasileira, sem fins lucrativos, fundada em 1994, para propor soluções de forma integrada a questões sociais e ambientais com foco central na defesa de bens e direitos sociais, coletivos e difusos relativos ao meio ambiente, ao patrimônio cultural, aos direitos humanos e dos povos.


 


Blogs

Eventos

Debates

Organizaciones

APqc

Em meados dos 70, pesquisadores científicos dos institutos de pesquisa ligados ás secretarias de Estado da Agricultura, Méio Ambiente e Saúde reuniram-se no auditório do Instituto Biológico, em São Paulo, com o objetivo de fundar a sua Associação de classe. Após inúmeros encontros, em 2 de Agosto de 1977 foi criada a Associação de Pesquisadores Científicos do Estado de São Paulo (APqc), tendo como objetivos a divulgação, o fortalecimento e a defesa dos institutos públicos de pesquisa paulistas, das atividades de pesquisa e de pesquisadores científicos ativos e inativos. 

CNPQ

O CNPq foi criado pela Lei nº 1.310, de 15 de janeiro de 1951, com a denominação de Conselho Nacional de Pesquisas. Na ocasião, o art. 1º, §1º dessa lei atribuiu ao conselho personalidade jurídica própria e o subordinou diretamente à Presidência da República. Posteriormente, a Lei nº 6.129, de 6 de novembro de 1974 transformou o Conselho Nacional de Pesquisas no atual Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico e reformulou sua configuração jurídica, atribuindo-o personalidade jurídica de direito privado, sob a forma de fundação.

Organização internacional que trabalha por justiça social, igualdade de gênero e pelo fim da pobreza. Fomos fundados em 1972 e estamos presentes em 45 países, alcançando mais de 15 milhões de pessoas no mundo. No Brasil desde 1999, atuamos em mais de 2.4 mil comunidades e beneficiamos mais de 300 mil pessoas. Trabalhamos em parceria com comunidades e organizações locais em projetos de educação, agroecologia e clima, igualdade de gênero e participação e democracia.


Afghanistan Women Council

Afghanistan Women Council (AWC) is a non-governmental, non-political, non-profit, non-sectarian Charity Organization founded in 1986 by the efforts of Ms. Fatana Ishaq Gailani and a group of Afghan women with an aim to assist Afghan women and children. The predominant objective of the organization is to enlighten women, improve their living conditions and strengthen their socio-economic status in society by their multi-lateral involvement in development activities. AWC is registered with the Government of Pakistan and Afghanistan as a charity NGO.

Afghanistan’s Women’s Network

After the United Nation Fourth World Conference on Women in Beijing, China, where a group of women from various organizations and agencies of the United Nation participated; the theory to form a network for the Afghan women's cooperation and integration developed. With inspire from women's movement in different part of the world; finally, in 1995 participants (women) of the conference decided to establish Afghan Women Network (AWN).


A AS-PTA – Agricultura Familiar e Agroecologia é uma associação de direito civil sem fins lucrativos que, desde 1983, atua para o fortalecimento da agricultura familiar e a promoção do desenvolvimento rural sustentável no Brasil. A experiência acumulada pela entidade ao longo desses anos permitiu comprovar a contribuição do enfoque agroecológico para o enfrentamento dos grandes desafios da sustentabilidade agrícola pelas famílias agricultoras. A AS-PTA participou da constituição e atua em diversas redes da sociedade civil voltadas para a promoção do desenvolvimento rural sustentável.

The All-China Women's Federation (ACWF) was founded on April 3, 1949. It is a mass organization that unites Chinese women of all ethnic groups and from all walks of life, and strives for their liberation and development. The mission of ACWF is to represent and uphold women's rights and interests, and to promote equality between women and men.

Nuestra Historia


En el 2006, el PNUD se planteó la necesidad de enfrentar la gran dispersión de recursos de conocimiento en el tema de género y la falta de intercambio y de sistematización de las experiencias desarrolladas en la región que nos permitiera dar un salto en cuanto a aprendizajes y a la obtención de mejores resultados.


AU

American University creates meaningful change in the world. With highly ranked schools and colleges and internationally recognized faculty, AU offers a balance between class time and career-advancing experience in Washington, DC, and beyond. Its students, among the country’s most politically active, distinguish themselves for their service, leadership, and ability to rethink global and domestic challenges and opportunities.

Anuario Antropologico

Anuário Antropológico (Anuário Antropológico)

Anuário Antropológico é uma revista semestral do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade de Brasília (PPGAS/UnB). Publica artigos originais, ensaios bibliográficos, resenhas, críticas e outros textos de natureza acadêmica que apresentem pesquisas empíricas de qualidade, diálogos teóricos relevantes e perspectivas analíticas diversas. A Revista publica textos em português, inglês, espanhol ou francês.Os artigos selecionados pela comissão editorial são submetidos a pareceristas externos em regime de anonimato.

La Articulación Feminista Marcosur (AFM) se conformó en el año 2000 en un Seminario sobre Integración Regional y Género organizado por el Centro de Comunicación Virginia Woolf (Cotidiano Mujer). El trabajo conjunto de las organizaciones que la integran tiene sus orígenes en la preparación de la IV Conferencia de Naciones Unidas sobre la Mujer, celebrada en Beijing en 1995.

Últimas noticias

Al finalizar 2021, los impactos del Covid-19 en el Ecuador se evidenciaron en diversos ámbitos.
14 Febrero 2022
Ecuador

Al finalizar 2021, los impactos del Covid-19 en el Ecuador se evidenciaron en diversos ámbitos. La inseguridad alimentaria, la fragilidad del medio rural y las brechas de género son realidades en las que la pandemia ha causado profundos estragos en el país.

1 Junio 2020
Global

Los objetivos de desarrollo sustentable (SDG, por sus siglas en inglés) 1.4.2 y 5.A.1 hacen referencia al fortalecimiento de los derechos a la tierra y a la propiedad de la mujer como un elemento fundamental para la reducción de la pobreza y su empoderamiento.

Comparta esta página