STP está determinado em ocupar a liderança da CPLP em Julho | Land Portal

Publicado em 08 Mar 2016

O Primeiro-ministro Patrice Trovoada, garantiu na terça-feira que São Tomé e Príncipe, vai avançar com um candidato para o cargo de secretário executivo da CPLP, de acordo ao processo de rotatividade que vigora desde a criação da organização lusófona. «São Tomé e Príncipe irá apresentar uma candidatura, e eu quero frisar que é uma candidatura para a CPLP, para enaltecer a nossa organização, e não se trata de uma candidatura contra um outro Estado», declarou Patrice Trovoada, no aeroporto internacional de São Tomé e Príncipe antes de viajar rumo ao Gabão.

A reacção de Patrice Trovoada, tem a ver com a posição já anunciada por Portugal de avançar com um candidato para o secretariado executivo da CPLP, numa altura em que termina o mandato do Moçambicano Murade Isaac Murargy. «Existe um entendimento não escrito, de que quem tem a sede da organização não poderia ter o secretariado executivo. Na última cimeira da União Africana, esse entendimento foi confirmado a nível dos Países Africanos de Língua Portuguesa. Outros países membros da CPLP também têm esse entendimento», explicou o chefe do governo são-tomense.

Portugal acolhe a sede da CPLP. Com base nesse entendimento verbal, São Tomé e Príncipe, garante que é a sua vez de ocupar o secretariado executivo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa. «Nesse quadro cabe a vez de STP apresentar a candidatura para o cargo de secretário executivo, é o que tencionamos fazer para que em Julho possamos ter dentro das regras da CPLP, o secretariado executivo ocupado por uma figura são-tomense», concluiu, Patrice Trovoada.

No próximo dia 17 de Março, os ministros dos negócios estrangeiros da CPLP, deverão se reunir para analisar a modalidade de sucessão na organização lusófona.

Téla Nón

 Copyright © Fuente (mencionado anteriormente). Todos los derechos reservados. El Land Portal distribuye materiales sin el permiso del propietario de los derechos de autor basado en la doctrina del "uso justo" de los derechos de autor, lo que significa que publicamos artículos de noticias con fines informativos y no comerciales. Si usted es el propietario del artículo o informe y desea que se elimine, contáctenos a hello@landportal.info y eliminaremos la publicación de inmediato.



Varias noticias relacionadas con la gobernanza de la tierra se publican en el Land Portal cada día por los usuarios del Land Portal, de diversas fuentes, como organizaciones de noticias y otras instituciones e individuos, que representan una diversidad de posiciones en cada tema. El derecho de autor reside en la fuente del artículo; La Fundación Land Portal no tiene el derecho legal de editar o corregir el artículo, y la Fundación tampoco espalda sus contenidos. Para hacer correcciones o pedir permiso para volver a publicar u otro uso autorizado de este material, por favor comuníquese con el propietario de los derechos de autor.

Comparta esta página