Aller au contenu principal

page search

Bibliothèque Visitação no Parque Estadual da Cantareira (PEC): reflexões sobre o uso recreativo de uma Unidade de Conservação (UC)

Visitação no Parque Estadual da Cantareira (PEC): reflexões sobre o uso recreativo de uma Unidade de Conservação (UC)

Visitação no Parque Estadual da Cantareira (PEC): reflexões sobre o uso recreativo de uma Unidade de Conservação (UC)

Resource information

Date of publication
Juin 2017
Resource Language
ISBN / Resource ID
DOAJ:ad60650b79654545bcd163c0e7669d10
Pages
18
License of the resource

Vivemos num mundo de expressivo desenvolvimento em diferentes aspectos. Em contraponto, assistimos a devastação de recursos naturais e mudanças significativas nas características da terra. Entre as atividades de destaque no mundo atual está o turismo. Este apresenta diversos nichos e especificidades, entre elas o ecoturismo que procura colocar o visitante em contato com locais que preservem aspectos ambientais e culturais. O Brasil é um país que se destaca nesse contexto, pois apresenta riquíssima diversidade de biomas e paisagens. Observa-se que o potencial tem sido pouco aproveitado quando comparado a outros países similares. Para proteger locais de significativa relevância ambiental e cultural são criadas unidades de conservação, em que se enquadram os parques. Estes tem dentro dos objetivos a visitação com atividades de lazer, recreação, educação ambiental e ecoturismo. O Brasil possui inúmeros parques em seu território, porém muitos não estão preparados para receber o visitante. Este artigo faz uma reflexão sobre o uso desses espaços tendo como objeto o Parque Estadual da Cantareira, localizado na Região Metropolitana de São Paulo. É destacada a possibilidade de concessão dessas áreas e o potencial pouco utilizado que os parques podem ter como instrumento de conscientização e educação ambiental, histórica e cultural.

Share on RLBI navigator
NO

Authors and Publishers

Author(s), editor(s), contributor(s)

Alessandra Freire Reis
Odaléia Telles Marcondes Machado Queiroz