Angola: Mulheres rurais solicitam apoio | Land Portal | Sécurisation des droits fonciers à travers les données ouvertes
Mulheres de vários estratos sociais da província da Lunda-Sul defendem a simplificação de critérios para atribuição de terras para o cultivo, bem como acesso ao crédito bancário, visando o aumento da produção nas comunidades.
 
O apelo foi feito em Saurimo durante um fórum sobre a mulher rural, promovido pela Direcção Provincial da Acção Social, Família e Igualdade do Género.
 
“A realidade da mulher no campo apela ao reforço em meios, como transporte, para facilitar o escoamento dos produtos. Esse encontro visa avaliar políticas públicas definidas e realinhar projectos e programas com o foco na resolução dos principais problemas que afectam as mulheres rurais”, disse a directora do Gabinete Prov incial da Acção Social, Família e Igualdade do Género, Maria Guilherme.
 
A promoção e valorização da mulher rural, definição de projectos que contribuam para a melhoria das condições de vida e criação de associações, para facilitar a captação de apoios do Governo, constam entre as estratégias definidas pelo Gabinete da Acção Social, Família e Igualdade do Género, segundo Maria Guilherme.
 
O contributo da mulher rural na luta de libertação nacional preencheu parte do discurso proferido pelo vice-governador para os Serviços Técnicos e Infra-estruturas, Leandro Caputo, que, entre as inúmeros dificuldades enfrentadas pela mulher rural sublinhou as de acesso aos serviços sociais básicos, formação técnico-profissional e emprego.
 
No domínio da gestão do lar citou a desestabilização familiar, reflexo da violência e fuga à paternidade. “Estas e outras preocupações continuam a preocupar o Governo, que, através da mobilização nas comunidades, em palestras, procura banir práticas negativas”.
 
Durante o fórum sobre a mulher rural foram debatidos temas ligados aos critérios de acesso à terra, fomento ao crédito para o exercício da agricultura, piscicultura, melhoramento da renda das famílias no meio rural, bem como contribuição das parteiras tradicionais, como agentes de mobilização social para a saúde reprodutiva.
 
Foram ainda debatidos temas ligados aos mecanismos para captação de água e práticas para adesão das mulheres ao processo de alfabetização.

Copyright © Source (mentionné ci-dessus). Tous droits réservés. Le Land Portal distribue des contenus sans la permission du propriétaire du copyright sur la base de la doctrine "usage loyal" du droit d'auteur, ce qui signifie que nous affichons des articles de presse pour des fins d'information non commerciales. Si vous êtes le propriétaire de l'article ou d'un rapport et que vous souhaitez qu'il soit retiré, s'il vous plaît nous contacter à hello@landportal.info et nous le supprimerons immédiatement.

Divers articles de presse liés à la gouvernance foncière sont publiés sur le Land Portal chaque jour par ses utilisateurs, à partir de diverses sources, telles que les agences de presse et d'autres institutions et individus, ce qui représente une diversité de positions sur tous les sujets. Le droit est à la source de l'article; la Land Portal Foundation n'a pas le droit de modifier ou de corriger l'article, ni d'endosser son contenu. Pour apporter des corrections ou demander la permission de republier ou toute autre utilisation de ce contenu, merci de contacter le titulaire du droit d'auteur.

Partagez cette page