land rights related Unknown content type | Land Portal
Displaying 85 - 96 of 109

O Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA) é um movimento camponês, de caráter nacional e popular, de massa, autônomo e de luta permanente, constituído por grupos de famílias camponesas. Seu principal objetivo é a produção de comida saudável para as próprias famílias e também para todo o povo brasileiro, garantindo assim, a soberania alimentar do país. Além disso, busca o resgate da identidade e da cultura camponesa, respeitando as diversidades regionais.

A Articulação dos Povos Indígenas do Brasil – APIB é uma instância de aglutinação e referência nacional do movimento indígena no Brasil, que nasceu com o propósito de:

– fortalecer a união dos povos indígenas, a articulação entre as diferentes regiões e organizações indígenas do país;
– unificar as lutas dos povos indígenas, a pauta de reivindicações e demandas e a política do movimento indígena;
– mobilizar os povos e organizações indígenas do país contra as ameaças e agressões aos direitos indígenas.

O CENTRO DE DESENVOLVIMENTO AGROECOLÓGICO SABIÁ é uma organização não governamental com sede no Recife, Pernambuco, fundada em 1993, que trabalha para promoção da agricultura familiar dentro dos princípios da agroecologia. Desenvolvendo e multiplicando a Agricultura Agroflorestal, também conhecida como Agrofloresta ou Sistemas Agroflorestais. Juridicamente é uma associação civil de direito privado sem finalidade econômica, de natureza técnico-ecológica e educacional.

Missão

A FASE – Federação de Órgãos para Assistência Social e Educacional – foi fundada em 1961. É uma organização não governamental, sem fins lucrativos, que atua hoje em seis estados brasileiros e tem sua sede nacional no Rio de Janeiro. Desde suas origens, esteve comprometida com o trabalho de organização e desenvolvimento local, comunitário e associativo.

Somos uma organização brasileira, que faz parte de um movimento global contra a pobreza, a desigualdade e a injustiça. Após mais de 50 anos de atuação no Brasil, marcada por uma história de luta e compromisso com os direitos humanos e a democracia, surgiu, em 2014, a Oxfam Brasil, uma organização brasileira, afiliada à confederação Oxfam. A partir de 2015, a Oxfam Brasil inicia suas atividades, trabalhando com outras organizações da sociedade civil, na luta e compromisso pela construção de um país mais justo, sustentável e solidário.

Missão

O Centro de Direitos Econômicos e Sociais (CDES) é uma organização não governamental de direitos humanos. Criada no ano de 2000, em Porto Alegre, dentro do contexto social e político de realização do I Fórum Social Mundial que acontecia na cidade naquele ano.

A Rede Internacional de Ação Comunitária – Rede Interação é uma OSCIP fundada em Dezembro de 2004 em São Paulo, Brasil. A Rede Interação é a representante brasileira do SDI – Slums Dwellers International, uma rede independente de entidades da sociedade civil e iniciativas populares, com presença em 33 países da África, Ásia e América Latina, que atua para criar cidades inclusivas e inserir a população urbana de baixa renda nas estratégias de desenvolvimento urbano.

Organização internacional que trabalha por justiça social, igualdade de gênero e pelo fim da pobreza. Fomos fundados em 1972 e estamos presentes em 45 países, alcançando mais de 15 milhões de pessoas no mundo. No Brasil desde 1999, atuamos em mais de 2.4 mil comunidades e beneficiamos mais de 300 mil pessoas. Trabalhamos em parceria com comunidades e organizações locais em projetos de educação, agroecologia e clima, igualdade de gênero e participação e democracia.

O Centro Gaspar Garcia de Direitos Humanos é uma organização ecumênica, não governamental, sem fins lucrativos ou econômicos. Desde 1988 atua junto a pessoas de baixa renda que possuem seus direitos violados, conferindo a esta população o papel de protagonista social.

Grupo de trabalho para construção do Museu das Remoções, Vila Autódromo. Em constante construção e manutenção viva da memória.

O Processo de Construção do Museu das Remoções da Vila Autódromo nasceu da necessidade coletiva de apoiadores e moradores de registrar as práticas sociais da comunidade Vila autódromo e comunicar a realidade da comunidade existente antes do processo de apagamento cultural produzido pela remoção sofrida pela comunidade.

Nosso objetivo é combater a máquina de produção de miséria nos centros urbanos, formar militantes e acumular forças no sentido de construir uma nova sociedade. A ocupação de terra, trabalho de organização popular, é a principal forma de ação do movimento. Quando ocupamos um latifúndio urbano ocioso, provamos que não é natural nascer, viver e morrer pobre e oprimido. Não aceitamos a espoliação que muitos chamam de sina.

A CMP é fruto de um processo histórico de resistência e dos movimentos sociais populares, em especial das lutas sociais dos anos 1980. Foi fundada no I Congresso Nacional de Movimentos Populares, realizado de 28 a 31 de outubro de 1993, realizado em Belo Horizonte-MG.