Em dia internacional, ONU alerta sobre riscos ambientais provocados por conflitos | Land Portal

Foto: © UNICEF/Inti Ocon/AFP-Services. Furacão causou destruição de casas na Nicarágua.

Secretário-geral pede empenho para proteção do planeta dos efeitos da guerra; recursos naturais originaram menos 40% dos conflitos em 60 anos; reflexão sobre o tema acontece no Dia Internacional da Prevenção da Exploração do Meio Ambiente na Guerra e nos Conflitos. 

Este 6 de novembro marca o Dia Internacional da Prevenção da Exploração do Meio Ambiente na Guerra e nos Conflitos Armados com atividades promovidas pela ONU para sensibilizar o público sobre danos nesses casos. 

O secretário-geral António Guterres destaca que para alcançar as metas globais até 2030 é preciso agir com ousadia e urgência para reduzir os riscos que a degradação ambiental e a mudança climática representam para o conflito. 

Vítima  

 

Foto: © UNICEF/Inti Ocon/AFP-Services

Foto: © UNICEF/Inti Ocon/AFP-Services. Destruição causada por furacão na Nicaragua.

O chefe da ONU defende que haja um compromisso para proteger o planeta dos efeitos debilitantes da guerra. 

De acordo com a organização, o meio ambiente “sempre permaneceu como a vítima não divulgada da guerra” quando se avaliam as vítimas de guerra, como soldados e civis mortos e feridos, cidades destruídas e meios de subsistência.  

Exemplos de danos ambientais incluem fontes de água poluídas, plantações incendiadas, florestas cortadas, solos envenenados e animais mortos para ganhar vantagem militar. 

O Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, Pnuma, revela que nos últimos 60 anos pelo menos 40% dos conflitos internos estiveram associados à exploração de recursos naturais. 

Recorrência de conflitos 

Os recursos podem ser de alto valor, como madeira, diamantes, ouro e petróleo ou escassos, como terra fértil e água.  

A pesquisa observa que conflitos envolvendo recursos naturais também têm duas vezes maior probabilidade de voltar a acontecer. 

A ONU revelou que também atua para garantir que a ação sobre o meio ambiente faça parte das estratégias de prevenção de conflitos, manutenção e construção da paz. O argumento é que “não pode haver paz duradoura se os recursos naturais que sustentam os meios de subsistência e os ecossistemas forem destruídos”. 

A observação do Dia Internacional para a Prevenção da Exploração do Meio Ambiente na Guerra e nos Conflitos Armados foi adotada há 20 anos pela Assembleia Geral das Nações Unidas.  

 

Copyright © Source (mentioned above). All rights reserved. The Land Portal distributes materials without the copyright owner’s permission based on the “fair use” doctrine of copyright, meaning that we post news articles for non-commercial, informative purposes. If you are the owner of the article or report and would like it to be removed, please contact us at hello@landportal.info and we will remove the posting immediately.

Various news items related to land governance are posted on the Land Portal every day by the Land Portal users, from various sources, such as news organizations and other institutions and individuals, representing a diversity of positions on every topic. The copyright lies with the source of the article; the Land Portal Foundation does not have the legal right to edit or correct the article, nor does the Foundation endorse its content. To make corrections or ask for permission to republish or other authorized use of this material, please contact the copyright holder.