Direitos dos povos indígenas à terra e a COP15 da biodiversidade: seis meses depois | Land Portal
Contact details: 
Stacey Zammit (stacey.zammit@landportal.info)
Organizers: 
Ford Foundation

We believe in the inherent dignity of all people. But around the world, too many people are excluded from the political, economic, and social institutions that shape their lives. 

TR Foundation.jpg

The Thomson Reuters Foundation was created to advance and promote the highest standards in journalism worldwide through media training and humanitarian reporting.

For over three decades, we have been informing, connecting and empowering people around the world through our free programmes and services.

We support our work through a combination of core annual donation from Thomson Reuters , other donations and sponsorships, through external funding from other organisations as well as grants specifically dedicated to supporting our core programmes.

The Tenure Facility

The International Land and Forest Tenure Facility is focused on securing land and forest rights for Indigenous Peoples and local communities. We are the first financial mechanism to exclusively fund projects working towards this goal while reducing conflict, driving development, improving global human rights, and mitigating the impacts of climate change.

Language of the event: 
English
Portuguese
Spanish
French

25 de maio de 2023

3:00- 4:00 PM CET/ 9:00- 10:00 AM EST

Registre-se agora

 

Após duas semanas de negociações tensas, a recente Conferência das Nações Unidas sobre Biodiversidade COP15 terminou com um acordo histórico para orientar a ação global sobre a natureza até 2030. A Estrutura Global de Biodiversidade de Kunming-Montreal (GBF - sigla em inglês) inclui medidas concretas para interromper e reverter a perda da natureza, incluindo a proteção de 30% do planeta e 30% dos ecossistemas degradados até 2030.

Essa COP15 representou uma oportunidade importante para as lideranças indígenas pressionarem pelo reconhecimento de seus direitos como guardiães(as) da biodiversidade global.  Enquanto alguns grupos indígenas temem que a meta de 30 por 30 possa ser usada para tirar suas terras sob o pretexto de conservação, outros disseram que a meta de 30% não é suficientemente ambiciosa e não garante a proteção da natureza. De modo geral, os povos indígenas concordaram em uma coisa: para que a conservação funcione para as pessoas e para a natureza, protegendo ambos dos fatores de perda ambiental, os povos indígenas devem estar no centro desses processos.

Além disso, na sessão de encerramento da COP15, as partes aprovaram um acordo para "reavaliar e expandir o papel dos povos indígenas, as comunidades locais e o conhecimento tradicional no processo da Convenção sobre Diversidade Biológica". Este webinário abordará se os resultados recentes da COP15 sobre biodiversidade reconheceram adequadamente os direitos à terra dos povos indígenas e como o conhecimento e os dados indígenas podem ser destacados, ouvidos e utilizados para melhorar a conservação da biodiversidade.

Related content: 
News
UN Photo Indigenous groups and land stewardship
8 December 2022

From 7-19 December, officials from across the world are meeting in Montreal for COP15, the Convention on Biological Diversity. At the heart of their plans to save the planet lies the 30% initiative, a commitment to create even more national parks and animal reserves - a mainstream approach relying on "Fortress Conservation".

Share this page