propriedade da terra related Blog post | Land Portal
Existem 4,964 itens de conteúdo relacionados a propriedade da terra no Land Portal.
Exibindo 1 - 12 de 22
28 Fevereiro 2023
Authors: 
Mr. Charl-Thom Bayer
Ms. Laura Meggiolaro
Global
  • Os vínculos entre os dados abertos e as comunidades da terra amadureceram nos últimos quatro anos, juntamente com um reconhecimento da centralidade da governança fundiária para o desenvolvimento sustentável.
  • O benchmarking (avaliação comparativa) e a medição de dados fundiários abertos é uma área chave para o progresso desde 2018, mas é preciso fazer mais para refinar os benchmarks globais, tais como o Barômetro Global de Dados.
  • As iniciativas de dados abertos precisam considerar cuidadosamente seus objetivos sociais, políticos e econômicos devido às diferentes necessidades e interesses dos(as) produtores(as) e usuários(as) de dados fundiários. 
Niger millet farmer
23 Março 2022
Authors: 
Dr. Anne Hennings
África

Este boletim informativo sobre países explora os desafios enfrentados pelas esposas informais e outras mulheres "invisíveis" para garantir a posse de suas terras, particularmente no contexto da formalização dos direitos de propriedade e das campanhas de titulação de terras.

14 Dezembro 2021
Authors: 
Mr. Charl-Thom Bayer
Keitha Booth
Global

The Land Portal works to embed land governance in open data discussions and vice versa. This primer is extracted from the recently published Open Up Guide for Land Governance.


 


First, What is Open Data?


This Is Our Land: Why Reject the Privatisation of Customary Land
20 Julho 2021
Papua-Nova Guiné

WHY REJECT CUSTOMARY LAND PRIVATISATION 

Most of the world’s land is still stewarded by communities under customary systems. Billions of people rely on communally managed farmland, pasture, forests and savannahs for their livelihoods. 

This collective management of resources is viewed in the colonial or capitalist economic model as an obstacle to individual wealth creation and private profit. 

A rural homestead in KwaZulu-Natal, South Africa. Collart Hervé/Sygma via Getty Images
22 Junho 2021
Authors: 
Prof. Ben Cousins
África do Sul

By Ben Cousins, Emeritus Professor, Institute for Poverty, Land and Agrarian Studies (PLAAS), University of the Western Cape


* This article originally appeared in the The Conversation on 22 June 2021


Men ploughing_Photosource Pixabay CC0
6 Agosto 2021
Authors: 
Mr. Sean Johnson
Lesoto
Essuatíni

By Sean Johnson, land administration specialist at COWI, Swaziland

* This piece was originally published as part of the online discussion on customary law in Southern Africa

Benguela, Angola, october 2007_photo by Carlos Ebert_FLICKR creative commons
6 Agosto 2021
Authors: 
Allan Cain
Angola
África austral

 

By Allan Cain, Development Workshop Angola

* This article was originally published as part of the online discussion on customary law in Southern Africa

Musul – The second community in Kenya to secure their land rights, the first to do so using legal empowerment Visit
30 Julho 2021
Authors: 
Namati Communications
África subsariana
Quênia

The Maasai community of Musul have lived on the same land in Laikipia county for generations. It is their source of food and water, the heart of their culture and beliefs, and their ancestral home. But until recently, their legal rights to govern it were tenuous.


4 Maio 2021
Authors: 
Mr. Malcolm Childress
Global

* Any views expressed in this opinion piece are those of the author and not of Thomson Reuters Foundation.

Land insecurity and inequality are endemic and keep families trapped in poverty for generations

Malcolm Childress is co-director of Prindex and executive director of Global Land Alliance

Blogues

Debates

Organizações

A Articulação dos Povos Indígenas do Brasil – APIB é uma instância de aglutinação e referência nacional do movimento indígena no Brasil, que nasceu com o propósito de:

– fortalecer a união dos povos indígenas, a articulação entre as diferentes regiões e organizações indígenas do país;
– unificar as lutas dos povos indígenas, a pauta de reivindicações e demandas e a política do movimento indígena;
– mobilizar os povos e organizações indígenas do país contra as ameaças e agressões aos direitos indígenas.

Community Land Scotland was established in 2010 as a response to the need for a collective voice for community landowners in Scotland. It is a company limited by guarantee with charitable status.


Our current membership includes Scottish community landowners – owning and managing approx. 500,000 acres between them – and aspiring community landowners of varying shapes and sizes throughout Scotland.


A Fundação Nacional do Índio – FUNAI é o órgão indigenista oficial do Estado brasileiro. Criada por meio da Lei nº 5.371, de 5 de dezembro de 1967, vinculada ao Ministério da Justiça, é a coordenadora e principal executora da política indigenista do Governo Federal. Sua missão institucional é proteger e promover os direitos dos povos indígenas no Brasil.

El INC tiene como misión promover una racional subdivisión de la tierra y su adecuada explotación, procurando el aumento y mejora de la producción agropecuaria y la radicación y bienestar del
trabajador rural.

A team of bachelors students from the 2016-2019 class of the European Law School Programme working with data collected by students from the 2017-2020 class of the European Law School Programme with the aim of creating a summary of the land laws for multiple countries.

 

The team consists of: Bert Brookfield-Hird, Alexandra Aldous, Lisa Beatrice Ferrari, Doris Beganović, Magda Jacyna and Ines Garreau.

O MMTR-NE nasceu na década de 80 a partir das reflexões e do intercâmbio de trabalhadoras rurais dos estados de Pernambuco e Paraíba. Com o intuito de superar as dificuldades na relação de gênero, as feministas rurais desses dois estados realizaram um encontro que reuniu mulheres de todo o Nordeste e contribui para que, em 1986, o Movimento da Mulher Trabalhadora Rural do Nordeste fosse construído.

A Terra de Direitos é uma organização de Direitos Humanos que atua na defesa, na promoção e na efetivação de direitos, especialmente os econômicos, sociais, culturais e ambientais (Dhesca).

A organização surgiu em Curitiba (PR), em 2002, para atuar em situações de conflitos coletivos relacionados ao acesso à terra e aos territórios rural e urbano. Atualmente, a Terra de Direitos incide nacional e internacionalmente nas temáticas de direitos humanos e conta com escritórios em Santarém (PA), em Curitiba (PR) e em Brasília (DF).

Compartilhe esta página