Land & Investments related Blog post | Land Portal
Exibindo 37 - 48 de 56
Fotos: Daniel Santini e Gerhard Dilger
Brasil

Autor: Daniel Santini

Fonte: http://www.cimi.org.br/site/pt-br/?system=news&action=read&id=9313

Em encontro em Xapuri, no Acre, povos da floresta criticam políticas de economia verde e demonstram preocupação com novos acordos discutidos entre o governo e a indústria de aviação. Em declaração conjunta, exigem demarcação e reconhecimento de territórios e direitos

Desmatamento por categoria fundiária no Pará entre 2013 e 2016 (Foto: Imazon)
Brasil
Brasil
Moçambique
Trabalhador em campo de soja. MINISTÉRIO DA AGRICULTURA
Brasil
Brasil
A luta pela alimentação saudável passa também pela consolidação de um modelo de educação que valorize o debate sobre a produção alimentar no país. Foto: Leandro Taques
Brasil

Autor: Leonardo Fernandes

Fonte: http://www.mst.org.br/2017/05/03/superar-o-modelo-do-agronegocio-e-possivel-e-necessario.html

A educação no processo de agroecologia como auxílio aos professores no debate sobre o modelo de agricultura dentro do currículo escolar.

Em 2016, a venda de agrotóxicos rendeu US$ 9,56 bilhões, levemente abaixo dos US$ 9,6 bilhões recebidos em 2015. Imagem: Reprodução/Youtub
Brasil

Autor: Alan Tygel, Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela Vida

Fonte: http://mpabrasil.org.br/nao-existe-controle-do-estado-sobre-a-venda-de-agrotoxicos-no-brasil/

“A única fonte de informação sobre o mercado de agrotóxicos são os próprios donos.”

José Felipe Ribeiro | Foto Fabiano Bastos/Embrapa Cerrado
Brasil
Leonardo Melgarejo, engenheiro agrônomo
Brasil

Autor: Leonardo Fernandes, MST; Editado por Iris Pacheco

Fonte: http://www.mst.org.br/2017/03/30/a-pressao-do-agronegocio-para-manter-o-veneno-na-mesa-do-povo-brasileiro.html

O Brasil enfrenta as consequências de ser o líder mundial no uso de agrotóxicos. Enquanto isso, o governo Temer amplia novos registros e afaga os setores do agronegócio.

Brasil

Autor: Alceu Castilho

Empresas e políticos acusados de explorar trabalhadores costumam invocar terceiros para justificar os flagrantes da fiscalização

Há um roteiro previsível nas notícias sobre políticos envolvidos em denúncias de trabalho escravo. Regra número 1: eles não sabiam de nada. Alegam responsabilidade das empresas “terceirizadas”. Regra número 2: ao contrário do que ocorre com outros proprietários de terra, eles logo têm seus nomes retirados da lista suja do trabalho escravo – ou nela nem são incluídos.

Brasil

Autor: Wagner Iglecias

Blogues

Eventos

Debates

Organizações

Arakan Oil Watch (AOW) is an independent non-governmental community based organization. AOW aims to protect and promote human rights and environmental abuses that result from multinational oil and gas companies in Arakan State and other parts of Burma.

Martinus Nijhoff Publishers was an independent academic publishing company dating back to the nineteenth century, which is now an imprint of Brill Publishers. Founded in 1683, Brill is a publishing house with a rich history and a strong international focus. The name was changed to Brill–Nijhoff. Brill is a prestigious imprint with its portfolio focuses on areas in Public International Law, Human Rights, Humanitarian Law and increasingly on International Relations. Brill publishes over 800 books per year in both print and electronic format.

CEAS

Desde que foram lançados (1969), os Cadernos do CEAS buscam discutir criticamente temas diversos, que se relacionam com questões sociais, sempre na perspectiva de analisar a realidade brasileira em sua inserção internacional, apontando as iniciativas das classes trabalhadoras como caminho para a superação das situações de opressão e dos seus traços mais perversos, com o resgate da gigantesca desigualdade social que torna o Brasil um caso único e extremo entre os países industrializados.

Our mission is to support the building of businesses throughout Africa and South Asia, to create jobs, and to make a lasting difference to people’s lives in some of the world’s poorest places.

The Centre for Economic and Social Studies (CESS) was established as an autonomous research Centre in 1980. Appreciating its role in the promotion of research and training, the Indian Council of Social Science Research (ICSSR), Ministry of Human Resource Development, Government of India, recognized it as a national institute in the year 1986 and included the Centre in its network of institutions.

SEKELEKANI é uma instituição moçambicana independente, sem fins lucrativos, de promoção de comunicação para o desenvolvimento, conceito que se refere a sistemas de comunicação em dois sentidos, orientados para enaltecer o diálogo entre os decisores de políticas públicas e as partes interessadas, nomeadamente as comunidades destinatárias do desenvolvimento, permitindo-lhes exprimir os seus pontos de vista, as suas aspirações e preocupações, participando, desse modo, na formulação da agenda do seu desenvolvimento.

Ceres is a sustainability nonprofit organization working with the most influential investors and companies to build leadership and drive solutions throughout the economy. Through powerful networks and advocacy, Ceres tackles the world’s biggest sustainability challenges, including climate change, water scarcity and pollution, and inequitable workplaces.

Our mission: Ceres is transforming the economy to build a sustainable future for people and the planet. 

csu

Ciências Sociais Unisinos é uma publicação quadrimestral da Universidade do Vale do Rio dos Sinos – Unisinos e dedica-se a publicar artigos inéditos que contribuam para a reflexão e o estudo interdisciplinar das Ciências Sociais.

 

A Confederação Nacional das Associações de Moradores, fundada no dia 17 de janeiro de 1982, presente no movimento nacional popular e comunitário, tem como seu papel organizar as federações estaduais, uniões municipais e associações comunitárias, entidades de bairro e similares.

CBU

Motto

The motto of the Copperbelt University is "Knowledge and Service" . Enshrined in the motto are the following strands:

For 55 years DEG, a subsidiary of KfW, has been a reliable partner to private-sector companies operating in developing and emerging countries. We provide them with long-term financing and promotional programmes, and advise them as they implement their investments. They can thus develop successfully and sustainably, while generating local added value and creating qualified jobs. As a development finance institution, we deliberately enter difficult markets as well, and promote private sector expansion there.

Compartilhe esta página