Land & Investments related News | Land Portal | Protegendo os direitos da terra através de dados abertos
Exibindo 1 - 12 de 352
Boaventura Monjane e Diogo Cardoso
19 Março 2020
África
África subsariana
Moçambique
Aposta do governo, que prevê a atribuição de mais de 3,3 milhões de títulos de terra em 5 anos, destina-se a particulares ou empresas ocupantes de terra por via sucessória ou a novos requerentes.
 
Espaço e Economia
14 Março 2020
América do Sul
Brasil
Global
Criada em 2012, a Espaço & Economia – Revista Brasileira de Geografia Econômica (http://espacoeconomia.revues.org/) mantém aberto, em fluxo contínuo, o recebimento de artigos para submissão e publicação. Seguindo critérios internacionais de avaliação (peer review), cada trabalho será apreciado por, pelo menos, dois pareceristas.
Rafael Marchante/Reuters
20 Fevereiro 2020
África
Angola
O Ministério da Agricultura e Florestas desenvolve um plano piloto para cadastrar as principais áreas de produção das províncias do Huambo, Bié e Malanje, revelou o consultor do ministro da Agricultura António Sozinho, ao enumerar os incentivos do Executivo aos empresários indianos.
 
Land Portal
20 Fevereiro 2020
África
América Latina e Caribe
América do Sul
Ásia
Global
Prazo para inscrições: 1º de março de 2020
 
FOTO: Rodger BOSCH/AFP
8 Fevereiro 2020
África
Angola

Barreiras existem mas Luanda está empenhada numa mudança que atraia investimento privado. Especialista aponta oportunidades para empresas portuguesas.

Fondation Ensemble
20 Janeiro 2020
Madagáscar
Moçambique
Equador
Peru
Laos
Myanmar
O Fondation Ensemble está buscando propostas de organizações elegíveis para o seu Programa de Financiamento 2020.
 
Temáticas: 
 
 
  • Agricultura sustentável
  • Pesca Sustentável
  • Conservação da Biodiversidade
  • Projetos de tecnologias sustentáveis
 
Mariana Eliano
17 Dezembro 2019
América Latina e Caribe
América do Sul
Argentina
Método de extração de óleo de xisto e de petróleo de rochas pode causar degradação do solo de grandes áreas
 
Jornal de Angola
28 Novembro 2019
África
Angola
Na província do Bié, são 200 famílias camponesas a beneficiar de títulos de terra, numa primeira fase, dentro do projecto “Minha Terra”, iniciativa do Governo Central, executada por uma Comissão Multissectorial, criada pelo Presidente da República.
 
Fonte: mercado.co.ao
12 Dezembro 2019
África
Angola
Depois do lançamento do projecto “Minha Terra” na província do Bié e, a seguir, no Huambo, o município do Cubal, em Benguela, dá hoje arranque ao programa.
 
EJAtlas
18 Novembro 2019
África
Brasil
Canadá
Estados Unidos
Ásia Central
China
Sudeste Asiático
Indonésia
Filipinas
Afeganistão
Irã
Paquistão
Rússia
Global

Em todo o mundo, as comunidades estão lutando para defender suas terras, ar, água, florestas e seus meios de subsistência de projetos prejudiciais e atividades extrativistas com fortes impactos ambientais e sociais: mineração, represas, plantações de árvores, fracking, queima de gás, incineradores, etc.

Blogues

Eventos

Debates

Organizações

Agribank is a State-Owned Enterprise with the mandate to promote the growth and development of agriculture through affordable and innovative financing. Agribank has been operating in Namibia for over 25 years.

Agribank Act No. 5/2003, as amended, provide the legal framework for regulating the business of the bank and to expand the business operations to be responsive to the changing environment. The Act mandates Agribank to advance money to persons or financial intermediaries to promote agriculture and activities related to agriculture.

Arakan Oil Watch (AOW) is an independent non-governmental community based organization. AOW aims to protect and promote human rights and environmental abuses that result from multinational oil and gas companies in Arakan State and other parts of Burma.

Martinus Nijhoff Publishers was an independent academic publishing company dating back to the nineteenth century, which is now an imprint of Brill Publishers. Founded in 1683, Brill is a publishing house with a rich history and a strong international focus. The name was changed to Brill–Nijhoff. Brill is a prestigious imprint with its portfolio focuses on areas in Public International Law, Human Rights, Humanitarian Law and increasingly on International Relations. Brill publishes over 800 books per year in both print and electronic format.

Independent platform for registering and administering legally-acquired use and benefit rights over land in Mozambique

CEAS

Desde que foram lançados (1969), os Cadernos do CEAS buscam discutir criticamente temas diversos, que se relacionam com questões sociais, sempre na perspectiva de analisar a realidade brasileira em sua inserção internacional, apontando as iniciativas das classes trabalhadoras como caminho para a superação das situações de opressão e dos seus traços mais perversos, com o resgate da gigantesca desigualdade social que torna o Brasil um caso único e extremo entre os países industrializados.

Cambridge Economic Policy Associates (CEPA) is an economic and financial policy advisory business. Our focus is on issues where economics, finance and public policy overlap. CEPA was established in 2001 as a private company limited by shares. More recently in addition to our office in London, we have established a branch office in New Delhi.  Further to our client work, CEPA undertakes and supports policy-focused research to promote debate and best practice. We re-invest one quarter of our surplus (after remunerating directors and staff) into these activities.

Our mission is to support the building of businesses throughout Africa and South Asia, to create jobs, and to make a lasting difference to people’s lives in some of the world’s poorest places.

The Centre for Economic and Social Studies (CESS) was established as an autonomous research Centre in 1980. Appreciating its role in the promotion of research and training, the Indian Council of Social Science Research (ICSSR), Ministry of Human Resource Development, Government of India, recognized it as a national institute in the year 1986 and included the Centre in its network of institutions.

SEKELEKANI é uma instituição moçambicana independente, sem fins lucrativos, de promoção de comunicação para o desenvolvimento, conceito que se refere a sistemas de comunicação em dois sentidos, orientados para enaltecer o diálogo entre os decisores de políticas públicas e as partes interessadas, nomeadamente as comunidades destinatárias do desenvolvimento, permitindo-lhes exprimir os seus pontos de vista, as suas aspirações e preocupações, participando, desse modo, na formulação da agenda do seu desenvolvimento.

The mission of the Agriculture Promotion Centre (Centro de Promoção da Agricultura (CEPAGRI)) is

  • to make underteake economic analysis to support policy decisions and guide investments in strategic areas in agriculture;
  • to identify and promote opportunities for investments and good practices in agribusiness;
  • to promote and guide private investment in commercial agriculture. 

Ceres is a sustainability nonprofit organization working with the most influential investors and companies to build leadership and drive solutions throughout the economy. Through powerful networks and advocacy, Ceres tackles the world’s biggest sustainability challenges, including climate change, water scarcity and pollution, and inequitable workplaces.

Our mission: Ceres is transforming the economy to build a sustainable future for people and the planet. 

Compartilhe esta página

Últimas notícias

Boaventura Monjane e Diogo Cardoso
19 Março 2020
África
África subsariana
Moçambique
Aposta do governo, que prevê a atribuição de mais de 3,3 milhões de títulos de terra em 5 anos, destina-se a particulares ou empresas ocupantes de terra por via sucessória ou a novos requerentes.
 
Espaço e Economia
14 Março 2020
América do Sul
Brasil
Global
Criada em 2012, a Espaço & Economia – Revista Brasileira de Geografia Econômica (http://espacoeconomia.revues.org/) mantém aberto, em fluxo contínuo, o recebimento de artigos para submissão e publicação. Seguindo critérios internacionais de avaliação (peer review), cada trabalho será apreciado por, pelo menos, dois pareceristas.