Conflito por posse de terras na Guiné-Bissau provoca duas mortes | Land Portal | Protegendo os direitos da terra através de dados abertos
Um conflito pela posse da terra entre duas comunidades no noroeste da Guiné-Bissau resultou na morte de dois homens, de 20 e 28 anos, revelou hoje, em comunicado, a organização não-governamental (ONG) Liga Guineense dos Direitos Humanos.
 
O conflito entre populares das aldeias de Cufongo e Bijimita, nos arredores da estância balnear de Quinhamel, na quarta-feira, resultou em confrontos físicos, tendo um homem disparado uma arma de fogo de fabrico artesanal.
 
Os disparos provocaram a morte de um jovem de 20 anos no local. A outra vítima, de 28 anos, acabou por morrer já no hospital em Bissau, relatou a Liga Guineense dos Direitos Humanos.
 
O conflito ocorreu devido às disputas entre as duas comunidades pela posse de um campo de plantações de caju - principal produto agrícola e de exportação dos guineenses.
 
"A Liga lamenta profundamente este triste acontecimento e apela ao Ministério Público a abertura de um inquérito urgente, tendente à identificação e consequente tradução à justiça dos autores morais e materiais destes atos hediondos", referiu a ONG na sua nota.
 
Os presumíveis autores do incidente "continuam a monte", referiu a Liga Guineense dos Direitos Humanos, salientando serem frequentes confrontos entre indivíduos de comunidades rurais "sobretudo no período da campanha de caju".
 
Para a ONG de defesa dos direitos humanos, os conflitos são alimentados também pelo sentimento de impunidade que "reina no país".
 
Contactada no local, uma fonte da administração do Estado para o setor de Quinhamel disse à Lusa que "a situação está mais calma", com o reforço da presença policial nas duas comunidades.
 
A mesma fonte precisou que o caso está sob investigação para ser conduzido à justiça.

Copyright © da fonte (mencionado acima). Todos os direitos reservados. O Land Portal distribui materiais sem a permissão do proprietário dos direitos autorais com base na doutrina de “uso justo” dos direitos autorais, o que significa que publicamos artigos de notícias para fins informativos e não comerciais. Se você é o proprietário do artigo ou relatório e gostaria que ele fosse removido, entre em contato conosco pelo endereço hello@landportal.info e removeremos a publicação imediatamente.

Várias notícias relacionadas à governança da terra são publicadas no Land Portal todos os dias pelos nossos usuários, partindo de várias fontes, como organizações de notícias e outras instituições e indivíduos, representando uma diversidade de posições sobre cada tópico. Os direitos autorais estão na origem do artigo; a fundação não tem o direito legal de editar ou corrigir o artigo, nem endossar o seu conteúdo. Para fazer correções ou solicitar permissão para republicar ou outro uso autorizado deste material, entre em contato com o detentor dos direitos autorais.

Compartilhe esta página