Mulheres integrantes do Movimento dos Sem-Terra ocupam duas fazendas no sul da Bahia | Land Portal

Mulheres integrantes do Movimento dos Sem-Terra ocupam duas fazendas no sul da Bahia — Foto: MST

Cerca de 600 trabalhadoras participam das ações que integram a jornada nacional de luta das Mulheres em Jussari e de Itabela.
 

Mais de 600 mulheres integrantes do Movimento dos Sem Terra ocupam, desde a madrugada desta terça, duas fazendas no sul da Bahia.

Em Itabela, mais de 500 trabalhadoras rurais ocupam a fazenda onde funcionava a empresa de Frutelli Culturas Tropicais. A principal atividade do local é o cultivo de banana, mas segundo o MST, o cultivo se encontra parado.

MST

Mulheres integrantes do MST ocupam duas fazendas no sul da Bahia — Foto: MST

Já em Jussari, também na região sul da Bahia, cerca de 100 mulheres ocupam a Fazenda Botafogo. Segundo o MST, a área de 313 hectares está improdutiva e foi ocupada para fins de reforma agrária.

Segundo o movimento, as duas ocupações integram a Jornada Nacional de Lutas das Mulheres Sem Terra de 2022, que conta com atos em vários estados.

De acordo com o MST, a ocupação das mulheres também denunciam os problemas relacionados a falta de crédito para as trabalhadoras rurais, o feminicídio, o uso abusivo de agrotóxicos, e outras reivindicações.

MST

Mulheres integrantes do MST ocupam duas fazendas no sul da Bahia — Foto: MST

No dia 2 de março, integrantes do MST ocuparam o Centro Zootecnica da Ceplac, em Itabela, para, de acordo com o movimento, denunciar o descaso do governo federal a ciência e pesquisa, assembleias com as mulheres do campo e da cidade e assembleias em assentamentos e acampamentos.

O governo federal, através do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), repudiou a invasão que foi finalizada na manhã desta terça-feira (8), após uma decisão judicial recebida no final de semana.

Copyright © da fonte (mencionado acima). Todos os direitos reservados. O Land Portal distribui materiais sem a permissão do proprietário dos direitos autorais com base na doutrina de “uso justo” dos direitos autorais, o que significa que publicamos artigos de notícias para fins informativos e não comerciais. Se você é o proprietário do artigo ou relatório e gostaria que ele fosse removido, entre em contato conosco pelo endereço hello@landportal.info e removeremos a publicação imediatamente.

Várias notícias relacionadas à governança da terra são publicadas no Land Portal todos os dias pelos nossos usuários, partindo de várias fontes, como organizações de notícias e outras instituições e indivíduos, representando uma diversidade de posições sobre cada tópico. Os direitos autorais estão na origem do artigo; a fundação não tem o direito legal de editar ou corrigir o artigo, nem endossar o seu conteúdo. Para fazer correções ou solicitar permissão para republicar ou outro uso autorizado deste material, entre em contato com o detentor dos direitos autorais.

Compartilhe esta página